João Goulart Filho (PPL) responde Calculadora de Afinidade Eleitoral

em Calculadora

João Goulart Filho, candidato pelo Partido Pátria Livre (PPL / 54) à Presidência da República, é o terceiro presidenciável a aceitar o convite feito pelo site O Iceberg para responder publicamente às 23 questões da Calculadora de Afinidade Eleitoral.

Todos os treze presidenciáveis foram convidados a se posicionar publicamente. Os comitês de campanha que tiverem interesse em dar transparência e explicar suas razões e pontos de vista em relação às ideias e interesses em disputa podem entrar em contato com nossa equipe.

Mais informações sobre o Plano de Governo do PPL para o futuro do Brasil representado pela candidatura de João Goulart Filho e outras informações estão disponíves no site do TSE.Confira com exclusividade as respostas do PPL às 23 questões da Calculadora aqui no site O Iceberg ~ Mergulhando nas profundezas da gestão pública:

Economia

01. Você concorda com as alterações realizadas na CLT e defende que a terceirização possa ocorrer em todas as atividades das empresas (Reforma Trabalhista)?

Não. Essa medidas visam apenas a fragilização da mão de obra e a perda de direitos

02. Os trabalhadores devem contribuir mais tempo do que contribuem hoje para se aposentar (Reforma da Previdência)?

Não. No Brasil, segundo estudos da OCDE, os aposentados vivem em média 13 anos. A média do organismo é de 17 anos.

03. Você defende o congelamento dos gastos com investimentos e serviços públicos por 20 anos (PEC do Teto)?

Não. O principal gasto público que deve ser controlado é o gasto financeiro.

04. Devemos começar a cobrar impostos dos lucros de acionistas e das grandes heranças (tributação progressiva)?

Sim. Além de ser mais justo, o sistema progressivo da tributação é economicamente mais eficiente.

05. O Estado deve ser empreendedor e investir ativamente na economia (desenvolvimentismo)?

Sim. Países como o Brasil, que estão em fase de industrialização tardia, e enfrentam a ação predatória de monopólios e cartéis internacionais, têm no Estado o seu principal instrumento de desenvolvimento

06. O ajuste fiscal deve ser a principal prioridade do governo federal?

Não. A principal prioridade do governo deve ser a distribuição de renda e o crescimento econômico

Energia

07. Você defende que os preços dos combustíveis no Brasil flutuem conforme as variações do preço do petróleo no mercado internacional?

Não. Se nós temos um parque de refino, não há porque os preços serem definidos pela flutuação internacional e não pelos custos de produção.

08. A Petrobrás deve voltar a ter prioridade na exploração do Pré-sal em relação às petroleiras de outros países (volta do regime de partilha)?

Sim. Foi a Petrobrás que descobriu o pré-sal e tem tecnologia reconhecida. Não há o menor cabimento em entregar a exploração para petroleiras estrangeiras.

09. As petroleiras estrangeiras devem continuar recebendo incentivos fiscais do governo?

Não. Isso é um crime de lesa-Pátria.

10. Você acha que as distribuidoras de energia da Eletrobras devem ser privatizadas?

Não. Elas são um patrimônio público, construídas com o nosso dinheiro e atuam em áreas de monopólio natural. Com a saída do Estado, quem entra são monopólios privados, na maioria estrangeiros.

Proteção Social

11. O Estado deve fazer maiores investimentos na saúde pública, mantendo o acesso ao SUS público e gratuito?

Sim. O orçamento da saúde deve ser dobrado. A União tem que destinar 15% da receita bruta (atualmente é receita líquida) para a saúde. A saúde deve ser pública e gratuita.

12. O uso de agrotóxicos deve ser flexibilizado pelo Estado?

Não. Pelo contrário. Seu uso deve estar sob rigoroso controle dos órgãos competentes.

13. Você defende a Reforma Agrária e dá prioridade à agricultura familiar?

Sim. O país não pode basear sua agricultura principalmente na monocultura de exportação. A prioridade deve ser a produção de alimentos para a população e a exportação do excedente.

14. Você defende o direito das pessoas LGBT constituírem uma família e terem sua união civil reconhecida pelo Estado?

Sim.

15. O aborto deve ser tratado como crime?

Não.

Segurança

16. O acesso a armas de fogo deve ser controlado com maior rigor pelo Estado (Estatuto do Desarmamento)?

Sim. Devemos manter o estatuto e a decisão do plebiscito que determinou o direito de posse de armas em determinadas situações específicas.

17. Você concorda com a intervenção federal no Rio, em que o exército chefia a segurança pública?

Não. O Exército está treinado para a guerra e para a defesa. Não são medidas midiáticas que vão resolver o grave problema de violência no Rio e no país.

18. A maioridade penal deve ser reduzida para 16 anos?

Não. Essa medida não resolveu problema nenhum onde foi implantada.

19. O consumo de maconha deve ser tratado como crime?

Não. Deve ser tratado como dependência.

Educação

20. Os professores devem ter total liberdade para expressarem suas ideias e opiniões em sala de aula (sem nenhuma limitação colocada pelo Estado ou pelas famílias)?

Depende. Os professores devem agir como educadores e estimularem a capacidade de compreensão do mundo por parte dos alunos.

21. O Estado deve fazer maiores investimentos na educação pública, mantendo escolas e universidades públicas com acesso universal e gratuito?

Sim. A educação deve ser pública e gratuita.

22. Você concorda com a política de cotas nas universidades públicas?

Sim. Elas são medidas compensatórias.

23. O currículo obrigatório do Ensino Médio deve ser reduzido?

Não. Nosso ensino médio está em crise por outros motivos. O principal deles é a desvalorização e falta de apoio aos professores.

~~~//~~~

Mais recente de Calculadora

Ir para O Topo