Etiquetado como

Educação

Publicado em em Desmonte/Opacidade

Desorganização escolar de SP replicou reforma fracassada de Chicago

Há candidatos que recorrentemente fazem promessas sobre melhorar a educação no Brasil. Entretanto, o fato é que na condição de “gestores” fizeram muito pouco ou nada de positivo pela educação durante seus mandatos. A história da desorganização escolar paulista — chamada de “reorganização” na novilíngua —  ilustra bem essa contradição entre discurso e prática. No Governo do Estado de São Paulo, por exemplo, os professores paulistas cumprem jornadas exaustivas, têm contratos precários e constantemente sofrem violência moral. Por consequência disso cerca de 25% dos professores estaduais são anualmente afastados por transtornos psíquicos. Tudo isso recebendo um salário menor do que a média salarial da categoria no Brasil, mesmo atuando no… Continue Lendo

Ir para O Topo