Elaboração

O Partidômetro das Eleições pra Deputado foi desenvolvido por gestores públicos de carreira — Especialistas em Políticas Públicas — que trabalham com ciência de dados e colaboram com O Iceberg.

Levantamento dos dados

Clique na tabela para ver a proporção de
votos Sim de cada partido político.

A Câmara dos Deputados possui um ótimo sistema de dados abertos que dá total transparência às suas votações eletrônicas nominais. A dificuldade em levantar os dados está, principalmente, em identificar dentre as dezenas de milhares de votações quais são aquelas que tiveram embates em torno de questões polêmicas. É um trabalho tão árido como encontrar uma agulha num palheiro. Ao longo dos últimos quatro anos os cientistas de dados de O Iceberg mapearam em tempo real dezenas de votações polêmicas.

Este trabalho foi complementado com o levantamento realizado pelo Professor Daniel da Silva Lacerda, da UFRGS, que agora integra a equipe de colaboradores de O Iceberg e cuja colaboração tem sido determinante para mantermos um elevado nível de qualidade.

Critérios para o cálculo

Para calcular a afinidade entre o usuário (você) e os partidos políticos adotou-se a seguinte abordagem.

  • Diversas pautas polêmicas tiveram dois ou três turnos de votações. Nestes casos optamos por considerar a última votação, que foi a decisiva.
  • O Brasil possui 35 partidos políticos registrados no TSE, 25 dos quais com representação na Câmara dos Deputados. Aqueles que possuem menos de 1% (5 cadeiras) das 513 vagas — considerados partidos “nanicos” — foram excluídos do resultado do Partidômetro, visando uma melhor visualização dos dados. São eles: PPL (1 deputado), REDE (2), PHS (4), PV (3), AVANTE (5), PATRI (5).
  • Se o usuário decidir ignorar uma votação — marcando “Não sei” –, ela não é contabilizada, ou seja, ela sequer entra no denominador.
  • Se o usuário selecionar “Sim” ou “Não” em uma votação, será contabilizada a proporção de deputados de cada partido que votou do mesmo modo que o usuário.
  • O percentual de alinhamento partidário tem como base o total de votos possíveis por cada partido nas 16 votações mapeadas.
  • Procurou-se manter as frases o mais diretas e claras possíveis, mantendo o sentido (positivo ou negativo) original de cada votação.

Bancada atual

O Partidômetro das Eleições pra Deputado considera a configuração atualizada dos partidos políticos.

Em quase todas as votações na Câmara dos Deputados os partidos orientam os votos dos seus parlamentares. Apesar disso, a responsabilidade pela escolha é do próprio deputado, que responde nominalmente pelos seus votos. Centenas de deputados mudam de partido ao longo dos anos. Além disso, partidos políticos são criados, divididos e fundidos de tempos em tempos. Enfim, a atividade política parlamentar é complexa.

Visando incorporar ao máximo a dinâmica do jogo real da “dança das cadeiras” que acontece entre os deputados e os partidos políticos no cálculo de afinidade, optamos por considerar a posição mais recente das bancadas dos partidos políticos. Para isso, é considerada a bancada atual dos partidos políticos. Deste modo, conseguimos construir um modelo ao mesmo tempo simples e atualizado considerando que cada deputado transporta consigo o legado de suas opções políticas ao longo de seu mandato.

Para fazermos uma analogia comparando os partidos políticos com times de futebol: o time que entra em campo hoje é formado pelos jogadores que fazem parte do time hoje, e não aqueles que compunham o time no Campeonato Brasileiro de 1974. Será com boa parte de seus atuais “craques” que os partidos políticos darão sustentação política — ou farão oposição — ao próximo Presidente da República.

Atualizações

14.set.2018 – 21h30 – Versão 1.1: Mudamos o nome do aplicativo Calculadora de Afinidade Partidária para Partidômetro das Eleições pra Deputado buscando comunicar melhor o que a ferramenta oferece. Além disso, o nome gerava confusões com o nosso primeiro aplicativo, a Calculadora de Afinidade Eleitoral, cuja base de dados e objetivo são completamente diferentes. Enquanto a Calculadora foca nas propostas dos presidenciáveis, o Partidômetro foca nas votações realizadas pelos Deputados na atual legislatura.

09.set.2018 – 08h00 – Versão 1.0: Lançada a Calculadora de Alinhamento Partidário considerando 16 votações polêmicas realizadas na 55a Legislatura (2014-2018) e as bancadas atuais dos partidos com representação na Câmara dos Deputados superior a 1% das 513 cadeiras.