Quem é você no Congresso? Aplicativos e sites ajudam a peneirar candidatos

em O Iceberg na Mídia

Reportagem do UOL Eleições 2018 produzida pela jornalista Gabriela Fujita
sobre aplicativos criados para qualificar o voto apresenta a Calculadora de Afinidade Eleitoral e o Partidômetro das Eleições pra Deputado desenvolvidos pela equipe de O Iceberg:

“A proposta de sites e aplicativos de sintonia política é ajudar o eleitor a encontrar seu candidato ideal: alguém que pense como ele e que defenda ou critique projetos de lei como ele faria, se tivesse um mandato. Várias dessas ferramentas estão disponíveis de graça na internet e possibilitam desde comparar as respostas do usuário com as do candidato (em nível estadual e nacional) até checar como o político já votou em temas polêmicos, e ainda se ele tem pendências na Justiça.

O UOL testou algumas opções e conversou com quem está por trás dessas iniciativas de peneirar candidaturas. O resultado muda bastante de uma ferramenta para outra, o que pode se explicar pela diferença nos bancos de dados de cada uma e nos critérios de avaliação dos candidatos.

Também consultamos o pesquisador de inovação e tecnologia Fabro Steibel, cientista político e diretor-executivo do ITS Rio (Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio).

“Isso ajuda a diferenciar os candidatos”, afirma Steibel. “A ver que nem todo político é igual. Seja você quem for, tem um candidato com a sua cara.” (veja as sugestões do especialista mais abaixo)

1. Calculadora de Afinidade Eleitoral

http://oiceberg.com.br/calculadora

Arte/UOL

Não é preciso fazer cadastro para usar. O usuário responde a 23 perguntas objetivas (sim, não ou depende) nas áreas de economia, energia, proteção social, segurança e educação.

O site calcula quais os presidenciáveis que mais se assemelham ao eleitor com base no que ele respondeu e nas propostas dos políticos. Também há um espaço para que os candidatos publiquem as próprias respostas para as questões apresentadas pela calculadora — até as duas primeiras semanas de setembro, apenas três haviam feito isso.

Também é possível calcular quais são os partidos que mais se parecem com o usuário respondendo mais 16 perguntas em temas como impeachment de Dilma Rousseff, financiamento empresarial dos partidos, terceirização, redução da maioridade penal e outros.

As perguntas foram formuladas a partir de um estudo publicado pela UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) com o mapeamento de posições políticas dos presidenciáveis. Para o cálculo da semelhança com os partidos, foram consideradas as votações mais polêmicas e disputadas nos últimos quatro anos de atividade da Câmara dos Deputados.

Confira a reportagem do UOL na íntegra.